Poupar no orçamento familiar

orçamento familiarFazer um orçamento familiar é o primeiro passo para ter umas finanças saudáveis, pois permite observar quais as despesas que pesam mais no orçamento e definir onde é possível poupar

Comece por anotar todo o dinheiro que gastou e em quê, para destinguir o que é imprescindível do que é desnecessário.

 Este gesto pode até mudar hábitos de consumo. Isto porque a maioria das pessoas não se apercebe do dinheiro que gasta ao longo do mês em pequenas coisas. 

Se fizermos algumas contas como por exemplo o pequeno-almoço fora de casa, ficamos espantados pois gastamos em média 60 euros por mês Perante isto quase que somos levados a levantar todos os dias mais para comer em casa vai compensar o esforço.

Vamos ver alguns passos para poupar no orçamento familiar:

O orçamento familiar ideal

Se procura o orçamento idel fique  a saber que não existe um modelo a seguir para sabermos qual a melhor forma de gastar o seu dinheiro, mas pode seguir um modelo que se adapte ao seu estilo de vida. 

 Aconselho a que todos os meses  consiga poupar, pelo menos, dez por cento do seu ordenado. Se receber 800 €, faça uma transferência de 80 € logo quando recebe o salário, pode pedir ao seu banco que faça uma transferência automática para uma pupança sua.

Aplicações Financeiras

Se têm algum dinheiro de parte sabe que existe muita oferta de produtos de poupança no mercado  que pode ir de depósitos a parzo a certificados de tesouro entre outros .

Criar Riqueza

Diversificar rendimentos é o único caminho para se criar mais riqueza e sair desta crise. Só se pode poupar quando há dinheiro e a maioria dos portugueses tem de ganhar mais dinheiropor esta razão é importante  investir no seu desenvolvimento pessoal e qualificação , volte de novo à escola.

 Poupar nos empréstimos bancários

Se está a pagar uma prestação mensal ao banco, deve mesmo antes de contrair um , estabelecer como tecto máximo de prestação  40 por cento do rendimento mensal . Contudo tenha em linha de conta que a prestação pode subir e facilmente ultrapassar este valor pelo que deve estabelecer  25% do seu ordenado por exemplo .

Neste campo é essencial  fazer uma simulação em que se preveja o aumento das taxas variáveis em mais um ou dois por cento, para saber se o orçamento mensal suportará esse aumento.

Se na altura não pensou nisso e agora está com dificuldades e suportar o aumento das prestações, pode, optar por aumentar o prazo de empréstimo, reduzindo o valor da prestação, ou caso haja poupanças poderá amortizar uma parte ou a totalidade do empréstimo.

Transportes públicos em vez  carro próprio

Uma boa parte do nosso orçamento mensal é gasta em transportes por isso deve optar pelos transportes públicos. Se não pode abdicar do seu carro deve adotar uma condução mais económica .

Poupar na  Televisão, Internet, telemóvel

Aquelo que pode ser considerado laser na noss acasa representam uma despesa mensal fixa. deve fazer a si mesmo uma pergunta simples :

 Será que preciso de ter 80 canais de televisão ou Internet com o melhor pacote de Fibra-óptica se apenas estou em casa quatro ou cinco horas por dia?

No caso dos telemóveis, será que preciso deste tarifário?

Nestes casos faça uma simulação e compare os preços dos vários pacotes destes serviços para escolher o mais económico.

Isto nem é complicado pois existem existem simuladores  em sites como a  Anacom ou a DECO.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.