Como ensinar o seu Filho a poupar

Ensinar filho  a pouparAlguns hábitos de adulto tomam-se mais fáceis quando íncentivados na infância. Aprender a economizar é um deles. Fique a saber como ensinar o seu fiho  a poupar.

Poupar é muito mais do que optar por um produto mais barato.Acima de tudo,significa ter uma atitude responsável perante o dinheiro. Ou seja, ter consciência do valor de cada nota e de cada moeda e perceber que mesmo os produtos mais baratos podem proporcionar o mesmo tipo de prazer e utilidade.

ESTABELECER OBJECTIVOS

A criança precisa de saber quais são as vantagens de economizar. E para que ela as entendade forma eficaz, o melhor é estabelecer objectivos. Consoante a idade, deve mostrar-lhe que determinada quantia de dinheiro permite satisfazer fazer os seus desejos consumistas e que quanto mais dinheiro ela conseguir colocar de lado, maiores poderão ser esses desejos.

Como consequência, mais facilidades terá também de vir a preenchê-los. No entanto, no início, é conveniente que cada objectivo tenha uma meta a curto prazo. Com o tempo, esta poderá crescer.

O TRADICIONAL COFRE

Como primeira experiência, compre um cofre ao seu filho. Depois, durante aproximadamente um mês, peça-lhe para colocar no seu interiortodo o dinheiro que encontrar pela casa.

Duranteessetempo, vácontribuindo com algumas moedas. Como incentivo, diga-lhe que, no final dos 30 dias, ele poderá ficar com o conteúdo do cofre.

Quando o tempo terminar, peça-lhe ajuda para contar as moedas que juntou no cofre e, como prometido, entregue-lhas. Esta simples tarefa  quase uma brincadeira — permite à criança a aquisição de três lições principais: a noção da responsabilidade (cuidar do cofre), a importância de poupar e o prazer de saborear mais tarde, o objectivo alcançado. No futuro, experiências como estas servirão para  molhorar a forma como vai gerir o orçamento familiar.

Veja agora algumas dicas para ensinar o seu filho a poupar:

•Aproveite um momento de pausa e mostre-lhe as notas e as moedas. Explique-lhe o valor e o significado de cada uma, usando para isso referências aos produtos que podem adquirir.
•Compre-lhe um mealheiro. Tenha o cuidado de escolher um que seja do agrado da criança (gera vontade de guardar o dinheiro). E explique porque é importante poupar.
•Estabeleça uma mesada ou uma semanada. E fundamental que a criança tenha acesso ao seu próprio dinheiro e que saiba que o tem para poder gerir de acordo com as suas necessidades.

•Ajude-a  definir um objectivo, ou seja, quando vir que ela quer adquirir algum bem, incentive-a a economizar o dinheiro de que necessita para o efeito. Isto permite que ela sinta a responsabilidade.

•Visite uma instituição bancária e abra uma conta, na qual ele poderá depositar todas as quantias de dinheiro que receber nas datas especiais, como é o caso do Natal ou do seu aniversário.

• Explique-lhe valor do dinheiro. Para isso, sirva-se de jogos relacionados com compras, como é ocaso do Monopólio, ou, consoante a idade, brinque às compras. Para isso, use notas e moedas a fingir.

 •Sempre que for às compras leve o seu filho consigo. Diga-lh quanto custam os produtos de que necessitam. Explique-lhe também porque rejeitou os mais dispendiosos e optou pelos mais acessíveis.
 

•Sempre que o seu filho quiser usar o dinheiro para comprar algo para oferecer, incentive-o. A mesada, por exemplo, pode servir para comprar as prendas de aniversário dos amigos.

•Não chega dizer o que se deve fazer. E preciso também dar o exemplo. Isto é, se quer que a criança aprenda a economizar ou a ser responsável com o dinheiro, mostre como se faz. E tenha paciência para com ela.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.