Ideias para poupar no Natal

Para que não acabes  o Natal em plena recessão financeira segue algumas das nossas ideias e conselhos e descobre 11 maneiras de poupar dinheiro no Natal e ao mesmo tempo agradar a todos.

São as prendas de Natal para os pais, amigos, colegas de trabalho e sem esquecer aquela especial para a cara-metade. São os inúmeros jantares de Natal, um sem fim de trocas de prendas e amigos secretos, e ainda os custos da noite de Consoada.

Para que não chegues a 25 de dezembro com a tua conta a zeros, aprende como poupar e reduzir bastante as despesas do Natal com as seguintes dicas.

1-Natal electrónico.

Utiliza o e-mail para desejar as boas festas e deixa os postais de Natal de lado.

Além de ser bastante nais económico, podes alargar ainda mais a rede de pessoas a quem costumavas dar ou enviar cartões-tenta desejar um Feliz Natal a todos os teus colegas de trabalho e contactos profissionais com uma simples mensagem de correio eletronico.

2- Não faças amanha o que podes fazer hoje

Sabemos perfeitamente que o tempo não abunda mas tenta ao máximo evitar fazer compras nos últimos dias antes do Natal, muito menos no dia 24!

Se o fizeres, vais sentir a pressão do tempo e vais acabar por comprar por impulso ou gastar muito mais dinheiro do que tinhas estipulado anteriormente.
Já que os centros comerciais vão sofrer uma enchente de “esquecidos” nos fins de semana e finais de tarde perto do
dia de  Natal , tenta fazer uma ou outra compra nas horas de almoço.

3- Prendas Vs Lembraças

O ideal seria que co meçasses as  compras de Natal com meses de antecedência, dado que já assim poderias
dividir os gastos por vários meses e evitavas uma despesa tão grande de uma só vez.

Mas se este ano precisas de uma solução de última hora, não há nada como “separar as águas”— ou seja, fazer uma lista detalhada de todas as pessoas a quem queres oferecer algo e divide-as em dois grupos, presentes e lembranças.

Coloca o teu namorado(a), família mais próxima e uma ou outra amiga(o) mais chegada(o) no primeiro grupo e deixa os restantes para o segundo. Não te esqueças de definir um limite de preço para as lembranças e tenta respeitá-lo ao máximo, já que nos presentes podes variar um pouco.

 

4-Rentabiliza o teu dinheiro

Antes de saíres de casa para a tua maratona de compras, estabelece até quanto queres gastar com cada pessoa na tua lista e, de seguida, soma o valor total.

Passa por uma máquina Multibanco, faz um levantamento com esse mesmo valor e deixa o cartão bancário no carro antes de ires para as compras.

 Como só tens esse dinheiro na carteira não podes mesmo ultrapassar o orçamento que estabeleceste para cada item, para além do fator psicológico também te ajudar quantas vezes já sentiste que não estás a gastar dinheiro quando fazes compras com cartão por não sentires a tua carteira a ficar verdadeiramente mais vazia?

Faz uma promessa a ti mesma(0) e não voltas ao carro em busca do cartão!

5- Deixar o cartão de crédito em Casa

É expressamente proibida a utilização de cartões de crédito para evitar extravagâncias que não se consegue suportar – acredite, pagar as contas todas do cartão no mês seguinte não é nada agradável.

 

6-Troca de Prendas

Junta o teu grupo de amigas(os) e propõe esta ideia. Podes até fazer a troca de prendas  na variante de ‘amigo secreto”, o importante é que estabeleçam um limite máximo a gastar e não o ultrapassem caso contrário, correm o risco de passarem por situações desconfortáveis em que algumas de vocês receba prendas de outro nível que outras.

7-Prendas de Natal Caseiras

Faz os teus próprios presentes em casa e personaliza-os para cada pessoa. Se és criativo(a) e sempre tiveste uma queda para as artes manuais, esta é uma ideia originale bastante económica para fazeres sucesso entre a tua família e amigos. Existem vários sites na internet que dão sugestões ótimas.

8-Poupar o subsídio de Natal

Mentaliza-te de uma coisa: não é pela palavra Natal constar no nome deste subsídio que tens de gastar todo o dinheiro do mesmo numa só época.

Se seguiste os nossos conselhos e estipulaste um orçamento definido para gastarem presentes e lembranças,não te esqueças de retirar uma parcela do teu subsídio de Natal e colocá-la de lado numa conta poupança ou até num fundo de investimento. Aproveita este rendimento extra e começa já a poupar dinheiro para as tuas férias de verão, por exemplo

9-Limite as festas de Natal

Sabemos que é muito aborrecido ter de declinar um convite para um jantar de Natal, mas se compareceres ao jantar das amigas, dos colegas de trabalho, da ‘malta” do tempo da faculdade e do grupinho do ginásio, a tua conta bancária fica vazia num instante.

Tenta reduzir ao máximo o número de convites que aceitas ou tenta até misturar os grupos. Porque não dar um jantarem tua casa e convidar um grupo de pessoas que achas que até se podiam dar bem?

No entanto, a nossa sugestão é que faças um jantar caseiro para amigos e pessoas que conheces num ambiente casual, e que aceites o convite do jantar de Natal da empresa ou de colegas de trabalho.

Afinal, são duas áreas distintas da tua vida, e muitas vezes podes não querer que as pessoas com quem trabalhas assistam aos pequenos “excessos” de uma noite animada com os teus amigos.

10-Oferecer prendas para o casal

Compreendemos que não queiras fazer isto com os teus pais ou com Os amigos mais chegados, mas se no teu grupo de amigos existem muitos casais, não existe maior tática do que comprar uma só prenda para duas pessoas.

Aposta em algo para a casa, como uma bonita peça de decoração ou até numa box de experiência a dois, como um
jantar mais especial ou um fim de semana algures ou até mesmo porque não uma máquina de café como prenda.

11-Constrói um mealheiro de Natal 

Imediatamente a seguir ao Natal, deve recuar até ao início da  jornada de compras e relembrar o orçamento que estabeleceste (e cumpriste!) para as prendas.

Divide esse valor por 10 e tenta pôr de lado essa parcela (durante todos os meses até ao inicio do mês de novembro do próximo ano. Quando chegar a altura, a cerca de dois meses do dia 24 de dezembro, svais ter um orçamento igual ao deste ano para gastar e nem tens de mexer no teu subsídio de Natal e podes pensar até em investir em certificados de tesouro.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *